Madness to Johnny Depp!!!: "Sempre acreditei que há vida após a morte", diz autora de novela da Globo

sexta-feira, abril 30, 2010

"Sempre acreditei que há vida após a morte", diz autora de novela da Globo


LAURA MATTOS
FERNANDA MENA

Católica, a autora da novela das seis da Globo, "Escrito nas Estrelas", Elisabeth Jhin teve assessoria de espíritas para escrever sua trama, que atingiu 25 pontos de média nas duas primeiras semanas (1,5 milhão de domicílios na Grande SP).
O cineasta Wagner de Assis, que está dirigindo o filme "Nosso Lar", baseado em livro de Chico Xavier, foi um dos que a auxiliaram, conta Jhin, em entrevista à Folha. Ela também leu livros do psiquiatra Brian Weiss, que estuda reencarnação.

Folha - O que achou do resultado de audiência da novela até agora?
Elisabeth Jhin - Estou muito feliz com a repercussão. Escrever novela é um trabalho árduo. Saber que o público está gostando é uma alegria. O entusiasmo de toda a equipe é grande, e isso é essencial para um bom resultado no ar.
Folha - O tema espiritual colabora para o sucesso?
Jhin - Sim, se considerarmos que estamos refletindo sobre inquietações pelas quais todos passamos. Minha intenção é enfocar a espiritualidade no seu sentido amplo, aquela busca pelo sagrado que existe dentro do homem desde que ele se pôs de pé e conseguiu olhar para o alto.
Folha - Por que novelas espíritas costumam fazer sucesso?
Jhin - O estudo da espiritualidade reflete sobre questões pertinentes a todos. Imagino que a identificação do público pelo tema tenha a ver com isso, independentemente de religião. Mas não acho só o tema determinante para o sucesso da empreitada, que envolve o talento de muita gente.
Folha - A autora Andrea Maltarolli [morta em 2009] estava fazendo a sinopse de uma novela sobre fantasmas para este ano. É coincidência que você tenha optado pelo espiritismo ou a Globo tinha planos de abordar o tema agora?
Jhin - A ideia desta novela surgiu a partir de um artigo sobre reprodução humana e os aspectos éticos ligados à ciência genética. Pensei em como seria uma mulher gerar um filho com o sêmen de um homem morto e comecei a me perguntar sobre as implicações de um ato desses na esfera espiritual. Quando criei a novela, não pensei no centenário do Chico Xavier, foi coincidência.
Folha - Como católica, como fez para conceber a história?
Jhin - Sou católica de formação, estudei em colégio de freiras, mas não pratico nenhuma religião. A busca da espiritualidade sempre foi uma constante em minha vida. Sempre acreditei que existe vida após a morte, ela continua de outra forma e em diferentes dimensões. Para a novela tive vários encontros com Luiz Queiroz e Wagner de Assis, que me ajudaram a entender a espiritualidade. Também li muito, principalmente livros de Brian Weiss [psiquiatra norte-americano que pesquisa reencarnação e terapia de vidas passadas].
Folha - Como é criar um mundo desconhecido?
Jhin - Em uma obra de ficção, a imaginação é fundamental, seja para criar um mundo desconhecido ou mesmo conhecido. Também buscamos estudar e entender sobre aquilo que vamos escrever. É uma pitada de cada coisa.
Fonte:http://www.valintim.blogspot.com

6 comentários:

Janetinha disse...

Muito bom o post. É fundamental, e não é por acaso, a divulgação do espiritismo estar tomando vulto no nosso país. Abraços.
www.adoteoamor.blogspot.com

wallper.lima disse...

Infelizmente não estou assistindo essa novela das seis, pelo horário, acho até que merecia um horário nobre(20;00h)pois daria pra se aprofundar mais sobre o assunto.
Bjos.
Waleria Lima.

εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\ disse...

oieeee amiga!!!
vim ver as novis!!!
e desejar uma ótima semaninha!
=D

ჱ ﻶەﻉەە ะەะەะەะەะەะەะەะ ە ﻶჱ ﻶﻉەە ะەะەะەะەะەะەะەะەะ ﻶ ჱ ﻉﻶ


ﻶ ჱ ﻶەﻉەە RESISTA


ﻶ ჱ ﻶەﻉەە Resista um pouco mais,
mesmo que as feridas latejem
e que sua coragem esteja cochilando...
Resista mais um minuto
e será fácil resistir aos demais...
Resista mais um instante,
mesmo que a derrota seja um ímã,
mesmo que a desilusão caminhe em sua direção...
Resista mais um pouco,
mesmo que os invejosos digam para você parar...
Resista mais um momento,
mesmo que você não possa avistar ainda a linha de chegada,
mesmo que as inseguranças brinquem de roda à sua volta...
Resista um pouquinho mais,
mesmo você se sinta indefeso
como um pássaro de asas quebradas...
Resista,
porque o último instante da madrugada
é sempre aquele que puxa a manhã pelo braço
e essa manhã bonita, ensolarada, sem algemas,
nascerá para você em breve, desde que você resista...
Resista,
porque estamos sentados na arquibancada do tempo,
torcendo ansiosos para que você resista e ganhe de Deus
o troféu que você merece:

A FELICIDADE... ﻶ ჱ ﻶەﻉەە

(autor desconhecido)


ﻶ ჱ ﻶەﻉەە Bjkas com Carinho....


☆ViViAn\\(^_^)// Sbrussi


ﻶ ჱﻶەﻉەە ะەะەะەะەะەะەะەะ ە ﻶჱ ﻶﻉەە ะەะەะەะەะەะەะەะەะ ﻶჱ ﻉﻶ




ﻶ ჱﻶەﻉەە Ótima semaninha!ﻶ ჱﻶەﻉەە

ONG ALERTA disse...

Quanto tempo???
Saudades, que tenha um feliz dia das mães, paz beijo Lisette.

Zilda Santiago disse...

Bela blogada e novela idem!!!!!!!!!!!!!Bjs no coração.

fofurinhas disse...

Oi, tudo bem? Tô passando muito rapidinho para deixar um forte abraço e dizer que, apesar de eu ter me ausentado do blog ultimamente, não me esqueci dos amigos. Aproveito para desejar um lindo e abençoado fim de semana e convidá-la a me visitar também. Beijos.